Meus objetos favoritos


Eu já contei pra vocês que ando mais desapegada, né? Mas eis que o tema do 10 Days About Me de hoje é justamente esse: objetos! Acredito que pequenas coisas que possuímos dizem muito sobre a nossa personalidade, principalmente se você, assim como eu, percebeu que só vale a pena manter o que te faz bem. Então bora ver alguns dos meus objetos favoritos :D

Caixinha de som em forma de câmera antiga


Todo ano eu vou em uma festa religiosa bem tradicional aqui do Paraná, a Festa das Brotas. Acontece que lá não tem só missa, confissão e coisas do tipo. Também tem comida e muitas barraquinhas cheias de muamba (adoro). Sempre dou um jeito de garimpar umas coisas bem legais e ano passado achei essa caixinha de som linda. A vendedora foi muito fofa. Na verdade ela nem sabia o jeito que tinha que ficar (a caixinha estava deitada ao invés de ficar em pé) e como as instruções de manuseio estavam escritas todas em inglês, ela achou que não tinha como regular o volume. Aí, quando eu perguntei se o negócio funcionava mesmo (porque já comprei outras paradas mais tecnológicas dessa festa que na verdade eram furadas), ela falou “moça, até pega, mas é bem alto, viu?”. Gostei do fato dela ser honesta e pensei “se não pegar pelo menos eu uso de objeto decorativo”. Levei por R$25 e não poderia estar mais satisfeita! É muito fofa, todas as entradas (USB, micro SD e fone de ouvido) funcionam e eu sinto que a cor amarela traz mais energia positiva pra minha vida (e olha que eu nem gostava de amarelo!) <3

Caixa de VHS Harry Potter


Tenho desde os 10, 11 anos de idade. O VHS já se perdeu, mas conservo a caixinha que me traz boas memórias.

Souvenirs de viagem


Esse camelinho meu avô trouxe de Dubai e essa garrafinha minha melhor amiga trouxe de Maceió. Quando pessoas próximas vão viajar eu sempre peço (na maior cara de pau) pra me trazerem lembrancinhas :v

Minha Bíblia


Coloquei como projeto pessoal desse ano ler a Bíblia todos os dias. Ela tem sido minha companheira diária, e eu, que nem era tão chegada nas escrituras, estou simplesmente apaixonada. Óbvio, tem que saber interpretar, mas esse simples gesto tem me trazido uma paz inexplicável.

Meus livros de cabeceira


O segredo, O retrado de Dorian Gray e Uma pergunta por dia <3

A amora


Unicórnia roxa maravilhosa.

* O 10 Days About Me é um desafio que rola na blogosfera, no qual toda semana tem um tema que faz os leitores conhecerem melhor quem escreve. Ele é livre e todo mundo pode participar. Se interessou? Então clica aqui pra ver a imagem com todos os temas ;)

E aí, o que acharam dos meus objetos favoritos? Vocês tem algum objeto favorito também?

Beijos,

            Duane.

Resenha: Surpreendente! (Maurício Gomyde)


Num dos meus passeios pelo site da Saraiva (quem nunca?), encontrei um livro que já vi em vários blogs por R$4,90. Era o “Surpreendente! ” do Maurício Gomyde. Como eu estava com um vale-presente que ganhei de aniversário da minha amiga Andressa (obrigada, amiga ♥), não tive dúvidas: peguei na hora.
“Surpreendente!” conta a história de Pedro, um cara que quase perdeu 100% da visão na infância por causa de uma doença rara. Como que por um milagre (ou seria por causa do seu amuleto, um olho turco dado pela avó?), ele conseguiu escapar: a degeneração parou nos 70% - por isso ele dá muito valor na visão e no poder de identificar as cores, além de ter se tornado cineasta e procurar difundir os filmes clássicos e a positividade entre as pessoas. Seu maior objetivo é ganhar o Cacau de Ouro, um prêmio muito respeitado do cinema nacional, com seu novo filme. O problema é que ele ainda não escreveu o roteiro e nem sabe sobre o que ele vai ser. Nesse meio tempo, Pedro conhece Cristal, uma garota ruiva de personalidade forte, e acaba descobrindo algo sobre si mesmo que deseja esconder de todos, mas o impulsiona a fazer uma road trip com os amigos em busca de respostas.


Comecei a leitura sem grandes expectativas e como os capítulos são bem curtos (ponto positivo), avancei por várias páginas, mas logo me frustrei. Parecia que o negócio não desenrolava, sabe? Depois entendi que esse começo meio moroso era necessário, já que assim ficamos sabendo de todo o universo da vida de Pedro: sua família, seu trabalho, seus amigos, seus sonhos, seu passado. Todas essas informações são importantes para a compreensão do que vem a seguir. E meus amigos, o que vem a seguir é babadeiro!
O livro pega no tranco mesmo lá pela página 102. Aí é que a coisa pega fogo. É ação pura e eu gostei muito da forma como o enredo foi se abrindo (apesar de ficar com um pouco de birra do Pedro em alguns momentos). Tem muitos diálogos e a forma como o narrador descreve certas cenas faz com que a gente veja tudo que está acontecendo como se fosse um filme (falando em filme, amei todas as referências e fiquei com vontade de assistir mais obras clássicas do cinema!).


A edição está uma lindeza que só. A capa é maravilhosa, as folhas são amareladas e as partes estão divididas por folhas azuis com citações incríveis.
Quando cheguei à última linha da última página, finalmente percebi que Surpreendente é um livro ótimo. Ele emociona, cativa e te faz repensar certas coisas da vida - o combo perfeito que forma uma obra surpreendente.

E aí, já leram? Ficaram com vontade de ler?
Beijos,

           Duane.

Resenha: Protetor Solar Facial Cenoura & Bronze


Já fazia um tempo que eu andava preocupada com a minha pele. Não era mais questão de vaidade, mas sim de saúde. O sol está aí e o envelhecimento precoce, além do câncer de pele, também. Usar protetor solar geralmente não faz parte da nossa rotina, mas isso tem que mudar. Por isso comprei o protetor solar facial da Cenoura & Bronze.
A marca diz o seguinte:
“ - Protege as camadas mais profundas da pele (tecnologia inovadora que minimiza os danos mais profundos na pele causados pelos raios intravermelhos, devido à ação antioxidante do produto, mesmo quando não estamos diretamente expostos ao sol. Protege contra vermelhidão, ardência e rugas causadas pela exposição solar. Previne o envelhecimento precoce e a perda de firmeza e elasticidade, preservando o colágeno da pele).
- Contém vitamina E.
- Possui alta proteção contra queimaduras solares. Indicado para peles muito sensíveis a queimadura solar.
- Fórmula não oleosa e textura suave, com rápida absorção.
- Ação hidratante e toque seco.
- Protege a pele 30 vezes mais do que sem aplicação.
- Fator de proteção UVA 10.
- Testado dermatologicamente”
Comprei por causa da já mencionada preocupação com a saúde da pele, além da promessa de fórmula não oleosa, já que no verão a pele fica bem cagada por causa do suor e precinho camarada (paguei numa daquelas embalagens promocionais que vem com o protetor corporal e facial juntos, por R$29,90. Se você for comprar separado custa em média R$32). 


Quando abri, já simpatizei com a embalagem. Ela muito bem pensada pra facilitar no dia-a-dia, por isso é em forma de tubo e tem um bico dosador pequeno, fazendo com que saia apenas a quantidade exata de produto que você precisa, por isso rende muito. Um tubinho desses, que tem 50g, dura uns 6 meses tranquilamente (usando todo dia!).
A textura é realmente suave, ao mesmo tempo que hidrata a pele sem deixar aquele efeito seco repuxado. Quando você suar, vai derreter um pouco, obviamente, mas não vai sair. Usei na praia e ele se manteve firme e forte o dia todo. 


Minha pele é bem clara, então fiquei meio preocupada pelo fato de ser FPS 30 e não 50, mas decidi dar um voto de confiança. E o negócio funcionou! Geralmente eu ficava queimada nas bochechas (o que faz as pessoas pensarem que sou gringa, mas tudo bem), só que dessa vez deu tudo certo e eu voltei pra casa com as minhas bochechas levemente coradas, nada de queimadura. YAY \o/
Em geral, curti muito esse protetor. Cumpre o que promete e tem um ótimo custo benefício. Vale a pena! E gente, fica a dica: não importa a idade, cor da pele, coisa e tal. Comecem a usar protetor solar diariamente, mesmo se estiver chovendo. Essa é uma pequena ação muito importante e eu tenho certeza que vai fazer a diferença no futuro. 

E vocês, usam protetor solar? Testariam o da Cenoura & Bronze?
Beijos,
           Duane.

Trocaram olhares e nunca mais se viram


Já aconteceu com você? Sabe, de encontrar uma pessoa, olhar bem nos olhos dela, pra depois nunca mais ver ela na vida? Comigo já, algumas vezes. Chega a ser engraçado porque, cara, eu não sei o nome daquela pessoa, não sei quem ela é, o que ela faz ou como é a sua personalidade. Mas por alguns segundos, aqueles poucos segundos preciosos, é como se estivéssemos tendo um momento único. Como se estivéssemos conectados pelas nossas almas.
Parece ridículo, eu sei. Só que é real e chega a me perturbar um pouco. Será que nos conhecemos de vidas passadas? Será que rolou um erro, tipo aquele filme Agentes do Destino, quando duas pessoas se encontram só que não era pra elas terem se encontrado, e daí os agentes dão um jeito de consertar isso rapidamente? Não sei. Posso criar mil teorias, mas só tenho em minhas mãos o fato concreto de que compartilhei um momento com uma pessoa desconhecida no meio da multidão.
Então, depois de pensar muito nisso antes de dormir, concluo que não era pra ser. E se for pra ser, o destino vai dar um jeito da gente se encontrar de novo. Enquanto isso, guardo aquele sentimento antigo e inexplicável dentro do peito e aproveito pra escrever um texto novo.
Beijos,
          Duane.

6 músicas nubladas


Olá pessoas!
Sabe aquelas músicas meio tristes mas que ao mesmo tempo te fazem refletir e partir pra ação? Eu as apelidei carinhosamente de músicas nubladas, porque assim como um dia nublado, elas parecem tristes ou até mesmo raivosas, mas na verdade estão abrindo caminho pra coisas incríveis. Pensando nisso, resolvi reunir algumas delas na playlist de hoje c:


Beijos, 
          Duane.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...