Resenha - O que não existe mais (Krishna Monteiro)

  
Olá pessoas!
A resenha de hoje é de um livro um pouco diferente do que estou acostumada ler: O Que Não Existe Mais, um livro de contos (mais precisamente, seis), escrito por Krishna Monteiro.

O primeiro conto, que dá nome ao livro, é sobre um filho que vê o falecido pai e segue sendo assombrado por lembranças. Arrisco dizer que foi o meu preferido, pois passa uma melancolia palpável, quase terna, que eu acabei gostando bastante, pois me fez refletir.
"O que eu queria, o que eu mais queria em ti, era que aquelas tardes em que eu te perseguia pelos corredores durassem uma eternidade."
As encruzilhadas do Doutor Rosa, segundo conto do livro, trata da tentação, e o que ocorre quando sucumbimos à ela. Confesso que fiquei um pouco confusa com toda a simbologia, mas até mesmo isso me agradou.
"Fui tomado por uma indescritível sensação de felicidade quando finalmente pude lhe dirigir a palavra."
Quando dormires, cantarei, a terceira história, é a mais insana e genial de todas. O assunto? Recordações de um galo de briga. Isso mesmo, um galo. Digo insana e genial porque é algo muito incomum de ser lido, só que faz sentido, principalmente para quem vive se perguntando "como será que os animais pensam e sentem?".
"As fronteiras do mundo diminuem. A tela de fios prateados se aproxima. Um dia, para sua surpresa, viu-se erguido ao ar: era o seu próprio bater de asas."
Pensa que as histórias narradas por bichos pararam por aí? Não se engane. Um âmbito cerrado por um sonho fala de um drama familiar, e o narrador é um gato. O autor conseguiu fazer com que todo o trejeito do animal transpassasse as páginas e seguisse direto para a nossa mente. É impressionante como você se pega pensando que um gato realmente deve pensar daquele jeito.
"Sentirá o cheiro, a cadência tão íntima à memória."
Monte Castelo é o conto mais longo, e também o mais singelo. Nele, avô e neto se unem e se separam por diversos motivos, e toda essa trajetória é descrita com muita emoção.
"Nos sentíamos perfeitamente à vontade nos silêncios, e talvez seja por isso que até hoje a ausência de qualquer som me conforte. O silêncio. Sempre o busquei."
O quinto e mais curto conto, Sudário, é praticamente uma súplica por bandeira branca.
"Levantaria os braços, saudaria o mundo com a mais refinada das mesuras e respiraria uma a uma as múltiplas vozes que cavalgam o vento."
Por fim, Alma em corpo atravessada, encerra o livro com todo o sentimentalismo característico do autor.
"Eram histórias. Com o tempo nos demos conta."

Como já disse lá no comecinho da resenha, essa leitura foi bem diferente. Apesar de ter apenas 110 páginas, O que não existe mais exige do leitor muito além do que ele está acostumado. E isso é bom. Somos praticamente forçados a pensar mais, a refletir mais, a nos emocionar mais. Em tempos de internet, isso acaba sendo meio que deixado de lado, e foi extremamente importante resgatar esse senso crítico. 

A linguagem utilizada é mais densa do que a dos usuais best sellers, e a simbologia é praticamente marca registrada em todo o desenvolvimento dos contos. Por isso, recomendo a todos que irão prestar vestibular e precisam se habituar à uma linguagem mais rebuscada, mas ainda tem um medinho de pegar um livro clássico pra ler. Também é uma ótima pedida pra quem quer dar um up no nível de leitura.
 
E o que dizer sobre a diagramação? Absolutamente perfeita! A capa é linda, as páginas amareladas são extremamente adequadas, e as citações no começo de cada um dos contos dão um toque muito singular e especial.


Apesar de ter demorado para concluir, o sentimento após finalizar O Que Não Existe Mais é de satisfação: não há nada melhor do que tirar um tempinho para refletir.
Beijos,
          Duane.

4 comentários:

  1. Eu adorei a capa. Linda mesmo!
    Curto demais livro de contos. Tenho lido vários nos últimos tempos.


    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é muito cativante e já entrega que vai ter muito amor envolvido hahaha.
      São muito bons né?
      Muito obrigada por comentar ❤❤❤

      Excluir
  2. É um livro que eu compraria de cara pela capa haha

    Eu amo livro de contos, acho super gostoso de ler e não entendia a gente.

    Ótima resenhas!

    Blog Teens Forever


    Fã Page | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda né? Hahah.
      Verdade.
      Muito obrigada por comentar ❤❤❤

      Excluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...