Resenha – Pasta Senza Vino (Eduardo Krause)

Editora: Terceiro Selo | Páginas: 285
Antonello Bianchi é um marpione (homem conquistador), que acaba tendo seu coração fisgado pela brasileira Aline. Mas, como nem tudo é perfeito, a moça volta para o Brasil e termina com ele por carta, devido à distância.
“Existem coisas que você não sabe e que não valem a pena ser ditas. As coisas são complicadas para mim. Sempre foram, você não tem ideia.”


“Perae Duane, você disse... carta?”. Sim, caro leitor, estamos diante de uma história que se passa nos anos 1960. Agora, imagine você: encontrar o amor da sua vida e depois perdê-lo, ficando sem contato algum, sem saber ao menos o seu sobrenome, número de telefone, endereço...Nada. O que você faz? Viaja pro outro lado do oceano? Pois foi isso mesmo que Antonello fez. A partir daí, acompanhamos a saga dessa procura e os inúmeros desdobramentos que ela traz.
“Acho que assisti filmes demais nessa vida. Como resolvo atravessar um oceano sem sequer saber o sobrenome dela?”

Inicialmente pensei que a história não ia passar de um romance italiano clichê, mas fiquei chocada ao perceber que me enganei. E feio. O final... DIO MIO!
"Amor e zelo em excesso, pelo visto, também não fazem muito bem"
Os relacionamentos são o tema central do livro, focando no amor, em todas as suas formas: familiar, de amizade, e claro, de paixão, de maneira espetacular. Devorei rapidamente os capítulos curtinhos (ponto positivo, afinal, ninguém merece ficar preso em capítulos de 1845594638974 páginas).
“Gostaria que ele soubesse que as coisas vão bem por aqui, apesar de não estarem saindo como eu planejei.”
Há uma pitada de drama e comédia. O humor, muitas vezes sutil, predomina em todos os momentos.
“O problema é que quando estamos bêbados, não existe ideia ruim.”

Mesmo com descrições de lugares e pessoas, não me cansei, pois as mesmas foram feitas de uma forma clara e sucinta. Além disso, havia outro ponto com tudo pra dar sono, que não deu: a inclusão de termos italianos à trama. Não sei se já aconteceu com vocês, de ler um livro em que o autor quis ser cult e acabou incluindo mais palavras estrangeiras que história (espero que não), mas isso não ocorre em Pasta Senza Vino.

“– Pasta senza vino è come un bacio senza amore.
‘Massa sem vinho é como um beijo sem amor’.”

Os personagens são inesquecíveis, (impossível não gostar de Karol - rolou uma identificação com ela). Gostei muito de ver o crescimento deles, principalmente de Antonello. Vemos um rapaz tornar-se homem por meio de suas escolhas, e isso é muito interessante.

“As coisas no Brasil parecem ser assim mesmo. No final tudo dá certo.”

Ah! Sobre a edição da Terceiro Selo: absolutamente impecável. Nenhum erro, detalhes em marsala, fotos em p&b para demarcar a passagem de tempo e lugar. Linda demais!


Pasta Senza Vino foi uma das melhores leituras desse ano, sem sombra de dúvida. Sou descendente de italianos e hoje posso dizer, logo que alguém me perguntar se quero vinho: vino sempre!

[...] os tempos são difíceis. Mas quando é que não são, non è vero? O importante é que estamos felizes”
Beijos,
          Duane.

10 comentários:

  1. nossa super me interessei por esse tema italiano do livro, mt bacana!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal demais né? <3
      Obrigada por comentar :D

      Excluir
  2. Fiquei louca pela obra! E revoltada por não ter ouvido falar antes, rs. Parece carregar imensas mensagens bacanas nas entrelinhas: sobre temáticas até além do relacionamento romântico do foco, mas também de sonhos pessoais e afins. Ai, fiquei surtando aqui para saber o desenrolar e final, rs. Adorei imensamente a indicação e a resenha só deixou mais água na boca.

    SEMQUASES.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é muito conhecida, porém merece muito mais popularidade!
      Carrega mesmo. Menina, cê tem que ler, é bom demais!
      Obrigada <3

      Excluir
  3. Resenha maravilhosa amei a dica do livro, tenha uma semana abençoada.
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  4. Que livro lindo! Adoro a Itália e sonho em um dia comer massa e tomar um bom vinho por lá, hahaha
    Adoro livros que abordam o romance mas que não esquecem do bom e velho humor. <3

    Abraço,
    milenaschabat.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também Mi!
      São os melhores <3
      Obrigada por comentar :3

      Excluir
  5. Amo livro que tenha a ver com a Itália, já pus na minha listinha do skoob
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...