2ª semana sem reclamar


Olá pessoas!
Depois do “fracasso” da primeira semana sem reclamar, a segunda foi bem produtiva!
Encontrei um livro chamado Pare de Reclamar e Concentre-se Nas Coisas Boas (é só clicar no link que você baixa de graça), e posso dizer que ele vem me ajudando bastante. Comecei a ler achando que se tratava de charlatonismo, mas não é que é bom mesmo? Tem um método maravilhoso pra parar com as reclamações. Super recomendo. Querem resenha?
Então, vamos às três coisas que aprendi nessa semana \o/

1) O que é reclamar.


“Ai Duane, todo mundo sabe o que é reclamar”. Aí é que você se engana, meu bem. Eis o conceito de reclamação:
“Expressar dor, pesar, ou descontentamento”
Sabe o que isso significa? Que muitas vezes a gente tá reclamando e nem sabe disso! Parece meio óbvio, mas vamos conversar mais um pouco sobre, vem cá. Sabia que quando você está triste e fica se lamentando, está reclamando? Sim! Quando você se faz de vítima, está reclamando. Quando fala mal de alguém...pois é, reclamando de novo.
Depois que comecei a me policiar, percebi que reclamar é praticamente um vício. Mas isso é assunto pra outro tópico.

2) A causa de tanto mimimi.


Reclamamos porque:
  •  Estamos mais acostumados a puxar papo reclamando do que agradecendo. Pensa nisso. Quantas vezes você começou uma conversa com um “nossa, que merda isso aqui” e quantas vezes começou com “nossa, tô muito feliz porque aconteceu tal coisa”?
  • Vitimismo é uma maneira fácil de ganhar atenção. Pode negar o quanto quiser, mas tenho certeza que você já reclamou de Deus e o mundo só pra ganhar um elogio ou ser bajulado. Admita. É feio, mas todo mundo fez/faz. Que nem botar o dedo no nariz.
  • Reclamar é muito mais fácil que encarar a situação. Lembra daquele ditado “fácil falar, difícil fazer”? Se aplica muito bem aqui. Ao reclamar não fazemos nada pra mudar a situação. E vamos combinar que é muito mais fácil ficar deitado no sofá reclamando do calor do que levantar e ligar o ventilador.
  •  É viciante. A gente reclama tanto de tudo e todos que o negócio vira hábito. E vicia. Quando percebemos, até a mulher da padoca tá dizendo que a gente é muito “pragmática”. Se liga, ela tá te achando chata. E olha que vocês só trocaram 5 palavras.
   3) Sempre temos algo/alguém a agradecer. Mesmo se não soubermos disso.


Não ia contar pra vocês, mas vou contar. Ultimamente umas coisas meio tensas aconteceram na minha vida: terminei com um crush que tinha tudo pra dar certo (tem post sobre isso), fiquei isolada numa dinâmica da faculdade (era pra formar uma dupla com quem a gente mais se identificasse, com nosso amigo mais próximo – ninguém quis fazer dupla comigo) e acabei chorando horrores no banheiro, e, pra finalizar, fui roubada em frente à faculdade no começo do mês. De todos os acontecimentos, o assalto foi o mais tenso. Até porque o blog e o canal eram mantidos pelo celular. Então fiquei sem ter como gravar meus vídeos e escrever meus posts. Fora o trauma e o medo de ir pra faculdade né. Mas tudo que acontece na vida tem um momento, um destino, viver é uma arte, é um ofício, só que precisa cuidado (alô Jota Quest) seu porquê.



Descobri que ao mesmo tempo em que não podemos confiar na boa vontade de conhecidos (eu reagi ao assalto e gritei muito, o cara não tava armado, mas me empurrou  duas vezes e eu fiquei com algumas escoriações – duas pessoas da faculdade ficaram simplesmente paradas olhando, não fizeram nada, nem chamaram a polícia), há generosidade de sobra nesse mundo. Me ofereceram câmeras pra continuar o canal (valeu Bruno, graças a você quarta que vem tem vídeo \o/) e um cara da minha sala passou a esperar minha mãe comigo na saída, só pra eu não ficar sozinha. Cês tem noção disso? Ele podia estar indo pra casa como todos os outros, mas fica ali só pra eu me sentir um pouco mais protegida. Isso é sensacional!!!  Só tenho a agradecer.

Percebi que sempre tem alguém ao seu lado pra te apoiar. Sempre. Mesmo que você não saiba. Mesmo que seja você. Por isso, não reclame, faça da dificuldade a sua motivação.

PS: Ilustrei o post todo com imagens do Siga Os Balões porque é puro amor <3
Beijos, 
          Duane.

22 comentários:

  1. Duane, parabéns pelo post, uma lição de como e porque não devemos reclamar de nada. Essa de quando a gente se dá conta já estamos reclamando, é muito verdade. É bem mais fácil !! hah Poxa, que bom que todos os acontecimentos que aconteceram com vc, deixou em você o lado bom e o aprendizado. Continue na vibe de não reclamar , você só tem a ganhar e anos ensinar.


    Bjokas e uma boa semana,
    Blog: DMulheres
    Instagram : @dmulheres

    ResponderExcluir
  2. Oi Du...
    caramba, algumas fases da nossa vida são tensas mesmo, mas passa, viu! acredite na Tia Ju! você tá super se esforçando para se concentrar nas coisas legais, e mesmo que a gnt deslize de vez em quando, o que vale é essa luta para sempre melhorar!

    As ilustrações são mesmo lindas!

    Bjinhos
    JuJu
    www.asbesteirasquemecontam.com.br

    ResponderExcluir
  3. Duane, vamos fazer um projeto de blogueiras com esse "desafio"?
    Adorei ler esse post, acho que o mundo tem mesmo que reclamar menos. E eu já estou reclamando que as pessoas reclamam demais! hahahhaha
    Chamamos algumas blogueiras e fazemos um post semanal ou quinzenal, cada uma contando como foi aquele período em seu blog e dicas de como treinar a mente para pararmos de reclamar!
    Acho que o mundo anda precisando...

    =*
    Mani Piñeiro
    @Blog_ManiPineiro


    ResponderExcluir
  4. Primeiramente, amei as imagens, são muito amor <3
    Segundo, concordo muito com seu post, as vezes ficamos só olhando as coisas negativas das situações, e isso só traz coisas negativas para nossas vidas.
    Que pena que aconteceu todas essas coisas com você nestes últimos tempos, mas com certeza, como você falou, sempre tem a parte positiva, você descobriu amigos que talvez nem conhecia, ou não sabia o quanto eram :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito amor mesmo <3
      Exatamente!
      Obrigada pelo comentário :3

      Excluir
  5. Gente, que post mais legal! Primeiro de tudo, eu adorei as ilustrações e elas encaixaram super bem com cada partezinha que você expôs no seu texto! E estou te mandando um abraço virtual pelas coisas ruins que aconteceram na sua vida, principalmente por conta do assalto. Já fui assaltada e sei como isso é ruim, principalmente a sensação de insegurança que fica depois! :(
    Acho que todo mundo deveria praticar ficar sem reclamar (eu inclusive), achei um ótimo exercício! A gente nem percebe o tanto que a gente reclama, né? Fiquei impressionada!
    E Duane, você quer fazer um trabalho em dupla comigo? ;)

    Um beijo! ♥
    www.daniquedisse.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaain que comentário mais lindo <3 *abraçando virtualmente*
      Obrigada <3

      Excluir
  6. Meu deus, que semana foi essa???? Tô xingando mentalmente esses babacas que ficaram só olhando tu ser assaltada, como é que pode uma pessoa simplesmente ficar olhando e não fazer nada, nem ao menos pegar o celular e chamar a polícia???? Não consigo admitir uma coisa dessas, sério. Mas, pra compensar, sempre tem pessoas boas no mundo, né? Também tô agradecendo mentalmente o menino que fica esperando contigo na facul, esse aí é dos bons <3

    Abraço,
    milenaschabat.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, também fiquei bem revoltada na hora, agora já estou mais tranquila!
      Sim :D
      Obrigada Mi <3

      Excluir
  7. Adorei o post! Me identifiquei com a parte da dinâmica da faculdade. Uma vez tivemos a sorte do professor permitir prova em dupla e ninguém quis fazer comigo, sorte que uma menina chegou atrasada e fiz com ela. É tão triste essa sensação ):
    Beijos
    www.purpurinaacida.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Que tenso Isa! Mas que bom que gostou do post, obrigada ♥

      Excluir
  8. QUE PROJETO INCRIVEL! me identifiquei total, é meio dificil alguém não se identificar né, a gente vive reclamando de TUDO! post maravilhoso cara <3 tá nos fav ♥

    http://www.debbiemenezes.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Debbie, você é bem reclamona mesmo HAHAHAH. Obrigada ♥

      Excluir
  9. Muito amor por esse post. Sério! Eu SEMPRE fico batendo nessa tecla de reclamar menos, e adivinha? Vivo reclamando mesmo assim, sem nem perceber. Digamos que já consegui cortar 20% das reclamações, mas nesses últimos dias vivo estressada e sem paciência, e aí qualquer coisinha é motivo pra eu ficar dando uma de velha ranzinza dentro da minha cabeça. Para os outros, já parei de reclamar, mas não adianta nada se eu continuar fazendo isso mentalmente, né? Fiquei super chateada em saber do roubo e das outras situações desagradáveis :/ Mas ao mesmo tempo fiquei mega feliz em saber que, em meio a isso tudo, você conseguiu se manter positiva! Isso é o mais importante! Que sua saga sem reclamações continue por muuuito tempo! Beijos!
    Blog Vintee5 | Canal Vintee5

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é isso Lu!
      Com certeza :3
      Obrigada ♥

      Excluir
  10. Que postagem maravilhosa, linda, sensacional, quero abraçar cada palavra, colar na testa e sair por aí. Ai, Du, vem aqui e me dá aquele abraço gigantesco! "Estamos mais acostumados a puxar papo reclamando do que agradecendo": tão FATO. Adorei cada reflexão emitida, e por mais que certos pontos pareçam clichês, quando aprofundamos vemos que não são, porque clichês nós usamos, refletimos sobre, falamos sobre, e esses quesitos são tão esquecidos e vivem poluindo as nossas vidas e oportunidades. Estou apaixonada por cada vírgula dessas reflexões e já deixei nos favoritos. Sério, virou meu xodó do dia!

    SEMQUASES.COM

    ResponderExcluir
  11. Adorei seu post e essa ideia de tentar não reclamar. Quer este livro para colocar em prática esses ensinamentos.
    Adoro o siga os balões, são lindos versos.

    Beijos,
    juliana.
    http://www.fabulonica.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem lá no Le Livros ;)
      São mesmo!
      Muito obrigada :3

      Excluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...