Preciso estar apaixonada

01/07/2016


Olá pessoas!
Quando eu era moleca (deixa eu ter meu momento Todo Mundo Odeia Chris, obrigada), tinha uma necessidade absurda de estar apaixonada.
Desde pequena, o amor me encantou. Achava a coisa mais linda, amar alguém e ser amada de volta. Queria alguém, custasse o que fosse.
O negócio ficou tão doido que cheguei ao ponto de gostar de um cara por semana. Sério, uma amiga minha fez as contas. Eram paixões platônicas, nunca nem falei com 90% dos caras. O lance era estar apaixonada.
Eu era extremamente viciada no sentimento. Enquanto meus coleguinhas curtiam uns baseados, minha droga era o amor. Pois é.
Vamos combinar: a sensação de estar apaixonada é sensacional. Borboletas na barriga, suspiros... Sem contar que as músicas todas parecem finalmente fazer sentido.
Mas então, à medida que fui crescendo, meus pensamentos foram crescendo junto. Com a idade (sei que não sou idosa nem nada, mas mudei bastante!), comecei a refletir sobre o porquê daquilo. E percebi que sempre soube a razão: eu não estava apaixonada por mim. Na verdade, eu meio que me odiava.
Odiava meu cabelo, minhas roupas, meus seios, meu nariz. Sentia vergonha do meu estilo musical. Queria mudar tudo que dizia a meu respeito.
Só que daí eu percebi: mudando meu cabelo, minhas roupas, meus seios, meu nariz e meu estilo musical... Eu não existiria mais. O que sobraria seriam restos ridículos de alguém que eu não sou. Alguém que mudou só pra satisfazer os gostos de pessoas que não estavam nem aí. E foi aí que me apaixonei por mim. E essa paixão foi a mais forte, mais avassaladora, mais verdadeira que tive em toda minha vida. Tive não, tenho. Esse amor vai durar eternamente, sem dúvidas, sem medos.
Continuo me apaixonando por mim todos os dias. Afinal, eu preciso estar apaixonada. Hoje, sinto borboletas no estômago ao acordar e perceber que até com remelas nos olhos, meu olhar brilha. Suspiro ao passar um batom e achar a cor perfeita. Escrevo minhas próprias músicas. Escrevo minha própria história.

Beijos,

           Duane.
logoblog

10 comentários:

  1. MINHA SHERLOCK, YOU ROCK! <3 <3 <3

    Também fui uma viciada em romance, acredite. O que tive de amor platônico nessa vida é incontável (desde famosos até coleguinhas mesmo HHAHAH). Pior que eu nunca me declarei ou quis que esses sentimentos se tornassem reais. Eu me sentia feliz em ter alguém pra suspirar em segredo sem que a criatura nem soubesse meu nome.

    Até o momento de luz e glória chegar: O de saber que devo canalizar esse sentimento primeiramente pra mim. Claro que é bom estar apaixonada, mas vamo deixar isso em segundo plano, oks? primeiro vamos resolver nossas próprias tretas internas.

    Como sempre... você canaliza meus pensamentos e ideias e é por isso que temos essa amizade on e off (aprendeu o lance do fake, né? AHAHAH). Mesmo ce achando que eu era uma velhota de 90 anos u.u

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor rima ♥
      Igual eu!
      Exatamente!
      Awn ♥ HAHAHAHAHA.
      Obrigada por existir ♥

      Excluir
  2. hahaha adorei, a gente tem que aprender a ser feliz sozinha mesmo!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Minha história foi o inverso hahah Quando era mais nova eu sempre caguei e andei para todo tipo de sentimento amoroso e sentia um certo desinteresse em namoro. Mas desde que iniciei a faculdade (ano passado) veio a tal frustração (oh meu deus pq ninguém é igual a mim como pensei que seria?) e eu comecei a perceber (também porque alguns amigos começaram a comentar) que era estranho que eu nunca tivesse me apaixonado por ninguém. Ano passado todo eu fiquei numa busca infinita pelo amor e ficava nessa, com crushs de corredor que eu nem queria de verdade. Engraçado perceber que a minha sabedoria veio com 14 e com 19 anos na cara eu tô tendo que aprender a lidar com a minha solidão voluntária de novo haha Ainda bem que você também se ama. O texto foi lindo! Seguindo o blog e beijão

    literalizza.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba, quando entrei na faculdade foi o mesmo sentimento!
      Muito obrigada ♥

      Excluir
  4. Hello!
    Então, quando somos mais novos temos essa de se apaixonar mesmo. Parece, na verdade não só parece como é uma coisa muito louca. Eu também quando fui "moleca" fiquei nessa fase, mas passou. Agora, ainda sim consigo me apaixonar por outras pessoas, mas principalmente sou apaixonada por mim (corpo, cabelo e rosto).

    Beijos
    Karolini
    womenrocker.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ufa! Bom saber que não sou só eu HAHAH.
      Ainda bem que você é apaixonada por você!
      Obrigada pelo comentário :3

      Excluir
  5. Ai meu Deus, meu Deus, meu Deeeeeus, que texto maravilhoso! Sério, amei cada pedacinho! Apesar de ter amado o texto, minha história é meio que o inverso haha eu sempre fui dessas que nunca ligou pra relacionamento, sabe? Nunca namorei, claro que já senti vontade, mas nunca me incomodou... Maaas aí vem aquela pressão "E os namoradinhos?" "Tu vai ficar pra titia..." e essas coisas extremamente chatas. Aí eu fico tentando achar alguém e vendo "amor" onde não tem, tudo por causa dessa maldita pressão. Ninguém merece, viu? hahaha mas amei o texto <3 AH, e eu não sei se sou eu que não venho aqui há um tempo, mas cê mudou o layout, né? Tá a coisa mais linda <3
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
  6. Que palavras incríveis, essas! <3
    Eu sempre soube que só conseguiria amar verdadeiramente outra pessoa quando conseguisse me amar ainda mais intensamente, e saber disso mudou a minha vida! Fico muito feliz que você também tenha conseguido isso, sabe? A minha vontade era fazer com que todos se amassem, mas isso é natural do ser humano, só acontece quando ele realmente quer, e você quis e isso me deixa muito feliz! <3

    Abraço,
    milenaschabat.blogspot.com

    ResponderExcluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

1 a 6123456Próximo
1T 1U 1V-1k

Receba as novidades do blog no seu e-mail

Siga no instagram