Livros que todo mundo ama e eu odeio


Olá pessoas!
Como alguém que gosta de ler, posso dizer que não é tão fácil assim ser aquela que não gosta do livro que todo mundo gostou. Já aviso que essa postagem pode te irritar, mas entenda: gosto é uma coisa pessoal. Não é porque eu não gosto que não vou gostar de você, que gosta. E não é porque você gosta e eu não, que a gente vai brigar, né? Vamos ser civilizados e.e
Ao longo dos anos, li livros que amei e outros que, bem... não amei tanto assim. Talvez o título do post seja um tanto quanto exagerado. Nunca ODIEI um livro. Essa palavra é muito forte. Mas dizer que adorei seria mentira. Então, vamos à lista.

Um Dia (David Nicholls)

Foto: Jaqueline Lima
Gostei muito da linguagem do autor, do modo como o mesmo estruturou os capítulos, as mudanças dos personagens ao longo do tempo... Mas quando cheguei ao final, ficou aquele gosto amargo na boca, sabe? Não consegui engolir aquele desfecho. Fora que tudo me pareceu enrolado demais.

Querido John (Nicholas Sparks)

Foto: Letras de Rodapé
Na verdade, não gosto de nenhum livro do autor, só escolhi esse porque foi o que eu consegui ler mais. Antes que comecem a querer me apedrejar, calma, vou explicar. Todo autor tem uma fórmula. Exemplo: pessoa 1 encontra pessoa 2, elas se apaixonam, há um empecilho, elas aprendem com as dificuldades e aí ficam juntas (ou não). Até aí, tudo bem, eu entendo. Acontece que quem escreve tem que ter uma forma muito boa de não deixar essa fórmula exposta. E o Nicholas não conseguiu fazer isso, pelo menos não pra mim. Vamos combinar: todo livro do autor inclui basicamente as mesmas coisas (guerra e/ou câncer) e passa a mesma mensagem (o amor é o mais importante de tudo – e eu concordo, mas há outras coisas a serem ditas queridinho!). Fora o bendito drama. PLEASE, SAVE THE DRAMA FOR YOUR MAMA!

A Culpa é das Estrelas (John Green)

Foto: Explosive Box
Livro muitíssimo bem escrito. Personagens cativantes. Cenários incríveis. Só que encontro aqui a mesma coisa do Nicholas: fórmula exposta. Pode reparar, todo livro do John é narrado por um(a) garoto(a) que é/se sente como um(a) esquisito(a), e se apaixona por uma pessoa diferentona e extremamente espetacular, que dá brilho à história (e eventualmente pode vir a morrer). Ah! Não podemos esquecer do melhor amigo engraçado que será o personagem secundário mais querido de todos. Nada disso seria problema caso eu não tivesse a decepção de ver meu personagem favorito morrer. Nunca te perdoarei, John. ~eis aqui uma drama queen~

Como Eu Era Antes de Você (JoJo Moyes)

Foto: Blog Diálogos
Caramba, que exaustivo foi ler esse livro. Vou deixar algo bem claro aqui: odeio descrições que duram páginas. Isso me dá um sono danado. Fora que também tive um enorme problema com o desfecho. Ok, ele passa uma mensagem bonitinha (viva agora, talvez não haja depois), mas também é bem depressivo, se você parar pra pensar.

O Diabo Veste Prada (Lauren Weisberger)

Foto: Melhor Ângulo
Livro mais longo da vida. 400 páginas que poderiam ter sido reduzidas à 150. Fora que eu  simplesmente não conseguia entender as atitudes da personagem principal. Não me identifiquei nem um pouquinho.
Mais uma vez, mil desculpas caso eu tenha falado mal de um livro que vocês amam.
E aí, tem algum livro famosão que vocês não conseguem engolir?
Beijos,

           Duane. 

14 comentários:

  1. O filme de Um Dia me deixou com essa mesma sensação que você escreveu aí, mas não cheguei a ler o livro. Concordo com você nesse livro do Nicholas, eu não gostei da Savannah, na verdade ela me irritou bastante, no filme também, mas no livro foi mais. Eu sou fã dos romances clichês do Nicholas Sparks, mesmo sendo bem dolorosos por justamente todo livro ter disso de amor eterno e mortes </3 Fiquei bem chateada com o fim de A Culpa é das Estrelas também, mas no filme, porque também não cheguei a ler o livro. Falaram que o Como Eu Era Antes de Você é lindo e tal, ainda tenho vontade de ler, porque senti que faltou alguns detalhes no filme. Nunca li também O Diabo Veste Prada, mas prefiro o filme. Não consigo ver ele em um livro, sabe? Achei que teve mais envolvência com o filme.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme eu ainda não assisti, mas quero ver, Thami!
      Gosto não se discute HAHAHAH.
      Lê, Thami! É muito bom, mas esse final me matou por dentro x.x
      Eu não recomendo não, mas é bom ler pra comparar com o filme ;)
      EU TAMBÉM!!! Total mais envolvência (amei essa palavra HAHAH).
      Obrigada, Thami :3

      Excluir
  2. Os livros que você citou são beem populares e adoradinhos, né? E tenho que admitir que alguns dessa listinha eu preferi o filme, mas enfim! hahahhah


    Beijão, mariasabetudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAH fiz um post aqui no blog sobre gostar mais dos filmes, acho que você vai gostar: http://www.claramenteinsana.com/2016/08/filmes-mais-legais-que-os-livros.html ;)
      Obrigada por comentar, Sté :)

      Excluir
  3. Ai que triste que eu fiquei depois desse post, ahah. Sou apaixonada por "Um dia", e "Como eu era antes de você" e John Green, bem, eu adoro os livros dele, ahaha.
    "Querido John" foi um livro que me deixou bem pra baixo.
    Não cheguei a ler "O diário veste prada", mas também adoro o filme.
    Que triste que você não tenha gostado desses, mas acontece, né!?
    Beijos,
    radioactivebookss.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAH fica triste não, Jéssica! É questão de gosto mesmo.
      Nem me fale x.x
      Sim!
      Obrigada pelo comentário C:

      Excluir
  4. Me dá um abraço? Hahahaha Nosso gosto é MUITO parecido! Diria tudo que você disse para essas obras. Li Nicholas Sparks pela primeira vez esses dias e quase morri de tédio. Os filmes baseados nos livros dele então, nem se fale. A culpa é das estrelas eu acho bonitinho, pena que é mais do mesmo! Beijos!
    Blog Vintee5 | Canal Vintee5

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ~ abraçando virtualmente ~
      Eu também morro de tédio com os livros dele!
      Verdade.
      Obrigada, Lu :3

      Excluir
  5. Adorei seu post e o fato de ele trazer muitos dos livros mais adorados por aí. Tem gente que acaba lendo e nem fazendo uma reflexão crítica sobre o que ele acrescentou na vida, não acha? Vou começar com o que eu não li - o Como eu era antes de você. É claro que ele está na minha lista há tempos e é claro que eu ainda vou ler, mas eu tenho a impressão de que ele vai me deixar meio triste. Minha irmã pede muito para eu ler porque é um dos livros preferidos dela - ela é cadeirante e disse que se identificou bastante com alguns tópicos abordados.
    Já o Nicholas Sparks... nossa, sério, não dá. Eu já li vários dos livros dele, mas jurei que nunca mais ia ler porque eu só me irrito.
    O John Green, bom, tenho uma relação de amor e ódio com ele. Eu nunca sei se gosto ou não dos livros. Termino todos com a impressão de que não gostei, mas tem momentos de riso (e choro, no caso do A Culpa é das Estrelas) durante a leitura, e eu adoro o estilo que a comédia aparece nos livros. Porém, acabo ficando com a ideia de que faltou alguma coisa.
    O Diabo Veste Prada também foi uma decepção para mim. Sinto que poderia ter ficado só com o filme.
    E, ah, o Um Dia eu gostei muito, haha. Sempre que penso nesse livro, eu tenho vontade de chorar por causa da forma com a qual as coisas se deram. E é justamente por isso que eu gostei tanto dele - a vida não é justa com todo mundo mesmo. Eu fiquei muito mais atenta com o meu dia a dia e atenta para ter a minha vida ideal todos os dias.
    Beijos,
    Bru
    Blog Moderando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! É muito bom dar uma refletida sobre o que leu.
      Olha, eu entendo porque a sua irmã se identificou. A autora fez uma pesquisa bem profunda sobre o tema, nisso não tenho nada que reclamar. Mas não consegui engolir, sabe? Recomendo que leia mesmo assim, é bom pra pensar na vida.
      EU TAMBÉM!!!
      Tenho a mesma reação que você e no fim acabo decidindo que não gostei HAHAHAH.
      Com certeza!
      Eu não tinha pensado dessa forma, Bruna. Obrigada por me falar isso.
      Obrigada ♥

      Excluir
  6. Eu detesto MUUUUUUUUUUUUUUUITo Um dia! Sério! Não sei nem porque me meti a ler já que também tinha detestado o filme! Sou teimosa mermo u.u
    CARA, que livro chato. Ele narra 20 anos e eu me senti lendo esse livro a mesma quantidade de tempo, uó u.u Outra coisa... os personagens não me conquistaram nadinha, achei eles chatíssimos e sem sal. Falei.

    beij
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAH somos duas!
      Obrigada, migs ♥

      Excluir
  7. Acredito que o mais meloso deles é o Um dia e eu só amo/sou porque aconteceu algo parecido comigo por 6 anos. HISUDFHSUIDHFUSIDFH e eu achei que o Como eu era antes de você muito sem graça e forçado o romance mas fazê uquê se as pessoas precisam de amor HYSGDJSIOAKPJDUGYFDHIAOJOSHFY
    A Bela, não a Fera | Youtube A Bela, não a Fera | Fã Page no Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendi.
      HAHAHAHAHAHAH verdade!
      Obrigada, Bela :)

      Excluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...