Tag Últimas Reflexões

07/10/2016


Olá pessoas!
Recentemente, a Vanessa Brunt, do blog Sem Quases, criou a tag Últimas Reflexões - Indicando filmes, frases, séries, músicas e mais! Achei o máximo, pois foi a primeira tag que vi nesse estilo compilado, em que a gente indica tudo que mais gostou nos últimos dias. Então bora ver o que eu respondi!

1) Qual a última frase que entrou para os seus lemas de vida?


“Talvez haja algo que você tenha medo de dizer, alguém que você tenha medo de amar, ou algum lugar que você tem medo de visitar. Vai doer. Vai doer porque importa. ”
Essa frase é do John Green e eu achei aleatoriamente no Tumblr enquanto fazia meu primeiro post do desafio de ficar um mês sem reclamar.
Há algum tempo atrás eu descobri que era/sou uma pessoa que foge por causa do medo. Sempre me considerei uma pessoa bem corajosa, então foi... meio chocante. Com essa frase, eu parei e fiquei refletindo, sabe? E acabei percebendo que sempre que a gente sente medo, ele tem que nos impulsionar, não prender.

2) Qual o último trecho de texto ou livro que ganhou seu coração?



Li esse livro por indicação da Hellz, e ele veio num momento em que eu me sentia mal, sozinha, e cheia de dúvidas. E aí me aparece essa frase, que me fez perceber: coisas ruins acontecem, mas amanhã é um novo dia. Isso vai passar, e a vida vai me surpreender, pra melhor.

3) Quais as últimas ilustrações que mexeram com o seu emocional?



Sempre falo por aqui sobre a gratidão. Ela sempre torna sua vida menos amarga nos momentos difíceis. Quando vi essa ilustração, achei genial. Todo dia temos que tomar nossa dose de gratidão. Melhor remédio pra tudo, de verdade.



Amor próprio é dificílimo de ser alcançado. Aquela sensação de que não somos suficientes custa a ir embora. Mas precisamos saber que sim, somos fortes. Sim, somos suficientes. Afinal, como diz a frase que acompanha o desenho “aqui está você, vivendo, apesar de tudo”. Interpretei o desenho assim: a moça obviamente tem problemas, representados pelos passarinhos pretos que embolam o cabelo dela. Mas mesmo assim, ela sabe que uma hora eles irão embora, e se abraça, fortalecendo o seu interior, sabendo que que vai conseguir sair dessa, como sempre fez.

4) Qual o último vídeo do YouTube que assistiu e refletiu sobre?


Já citei esse vídeo em um post de favoritos, mas vale a pena citar de novo, porque com certeza foi um dos melhores vídeos que eu já vi na VIDA. Pra quem não acompanha a Jacky, vou dar uma pincelada no assunto do vídeo: ela sofreu um grande baque e por isso teve que dar uma pausa no canal. A volta não poderia ter sido melhor. Num vídeo lindamente roteirizado e editado, a Jacky fez reflexões incríveis sobre como a vida é rara e temos que fazer o possível para aproveitá-la, apesar das inúmeras coisas ruins que ocorrem. Vale muito a pena assistir.

5) Qual a última foto (de autoria alheia) que mexeu com o seu emocional?


Essa foto me fez pensar no fato de que as nossas possibilidades são inúmeras. Sou dessas que tende a pensar muito nas consequências das coisas, então quando decido fazer algo, foi pensado e repensado. Isso acaba me limitando, porque de tanto pensar, acabo desistindo. Certas decisões exigem que a gente levante o olhar pra mais longe, enxergue o que talvez mais ninguém veja, e tome uma atitude. E todos os nossos atos tem consequências, portanto, se a gente não fizer, vai ser pior, porque vai ficar no ar um grande “e se”.  

(pulei as questões 6 e 7 porque estou sem smartphone gente, sorry, mas vocês podem conferir elas aqui).

8)Qual a última série e qual o último filme que entraram para a sua lista de "preciso ver"?

Série: How I Met You Mother



Não é segredo pra ninguém que sou a louca de Friends. Como essa é a grande “rival” da minha série favorita, estou muito curiosa pra assistir, pois já peguei alguns episódios aleatórios no canal Sony e gostei bastante. Meu tipo favorito de série é a que tem episódios curtos e engraçados, mas ao mesmo tempo nos faz rir, chorar e refletir. Tenho certeza que HIMYM não vai me decepcionar! Um amigo meu disse que vai me trazer um pen drive com a série, então Felipe, recado direto pra você: TRAGA LOGO ESSE PEN DRIVE PELAMORDEDEUS. Obrigada, de nada.

Filme: É Fada



Não me considero Kélover nem nada, mas gosto bastante do trabalho da Kéfera, e acompanho o 5inco Minutos há um bom tempo. E é justamente por isso que eu sei que esse filme é a realização do maior sonho dessa pessoinha maravilhosa que eu adoro assistir. E só por isso já vale a pena ver, não é mesmo? Afinal, como disse a Thami nesse vídeo aqui, todo mundo precisa de apoio. “ai, mas ela já tem milhões de inscritos, é rica, famosa e poderosa, você ver ou não ver o filme dela não vai fazer diferença”. E se todo mundo pensar assim? Aí ninguém ia apreciar o trabalho de nenhum artista. Portanto, SIM, vou ver o filme da Kéfera, e aposto que vou adorar.

9) Qual a última série que assistiu? Quais os pontos mais positivos e negativos dela?



Como já disse anteriormente, sou a maluca de Friends e recentemente finalizei a décima temporada pela milésima vez. É difícil pensar em algum ponto negativo da série, já que é a minha favorita, mas ok, vamos lá:

Há alguns erros de edição/roteiro que me incomodam



De tanto assistir, hoje percebo falhas técnicas como: ver a cueca de uma pessoa que na história estava pelada/microfone aparecendo/cena repetida/fim de cenário aparecendo no fundo. Não são coisas gritantes, mas incomodam um pouquinho.
Falhas no roteiro também são um pouco esquisitas. O modo como a Rachel conheceu o Chandler, por exemplo, foi apresentada de no mínimo 3 formas, e até os próprios autores já reconheceram que isso os incomoda, e que na época fizeram isso por falta de atenção aos episódios anteriores.



Uma cena, em especial, eu costumava achar engraçadíssima, e hoje não consigo mais rir. É essa aqui:



É compreensível que não se percebesse o machismo nisso na época, mas hoje é meio babaca. Enfim. Nada comparado aos pontos positivos, sendo alguns deles:

As mulheres da trama são independentes e empoderadas



Rachel desiste de um casamento e sai da casa dos pais para ser independente. Phoebe pega vários caras sem se preocupar em ter um relacionamento sério. Monica é batalhadora e consegue alcançar seus objetivos. Vê-las progredindo é inspirador ♥

Apesar da série ser de comédia, temos também o drama



E é com o drama que a gente percebe: a vida não é perfeita, mas quem precisa de perfeição, afinal de contas? Aprender com tudo que acontece é muito mais importante (e emocionante).

10) Qual o último filme que assistiu? Quais os pontos mais positivos e negativos dele?



Johnny & June, que eu citei nos favoritos do mês passado, e lá eu já contei os pontos positivos. E, sinceramente, não consegui encontrar nenhum ponto negativo além do fato do Joaquin não ter ganho um Oscar pela interpretação o Johnny Cash. Apenas.

11) Qual o último livro que leu?



Jane Eyre, da Charlotte Brontë. Pensem num livro empoderador, emocionante e lindo. É esse. O mais impressionante é o fato de se tratar de um livro feminista escrito em pleno século 19. A Jane é uma personagem maravilhosa. Não é uma heroína comum. É feia, pobre e mesmo assim, se recusa a interpretar o papel de fantoche da sociedade que tentam lhe dar simplesmente por causa disso e do fato de ser mulher. Uma palavra define esse livro: inspirador. Apenas leiam.

12) Qual a última coisa que lhe fez sorrir?



Assistir Girls in The House. Gente, é sério, que série DOIDA. Não vou ficar falando muito dela aqui porque já fiz um post só sobre isso, então leiam e depois assistam, porque olha.... Quem diz que brasileiro não é capaz de produzir coisa boa está muito, muito errado.

13) Qual a última coisa que lhe fez chorar?



Um problema. Mas todo problema tem solução, não é mesmo? Outra coisa bela da vida.

14) Qual a última música/letra que mexeu com o seu emocional?



Essa música é eletrônica, com uma letra libertadora. Sabe quando alguém te diz coisas que te arrebentam por dentro, e você fica sentindo que tudo está errado e o que você foi/é/fez/faz não é, não foi, e nunca será suficiente? Então. Essa música tem uma letra conta a história de uma pessoa que recebeu um telefonema que “quase a matou”, mas conseguiu se reerguer, pois percebeu que quem disse aquelas coisas estava errado, e cansou de se martirizar. Vale muito a pena ouvir.

15) Qual o último blog que visitou? O que ele aborda?



O último blog que visitei foi o Moderando, um blog maravilhoso que aborda os seguintes temas: cotidiano, dinheiro e saber. Além de super completo, rico em informações, o Moderando tem aquele poder raro de informar, entreter e relaxar. Tudo isso ao mesmo tempo. Uma série de posts em especial eu até salvei em pdf: Como Fazer Seu Planejamento Estratégico Pessoal (PEP). Recomendo MUITO pra quem está se sentindo meio assim, com os sonhos numa malinha, mas sem saber direito pra onde ir. Corram pro Moderando, já!

16) Qual o último projeto bacana que descobriu?



Minha cidade recentemente implantou um sistema de logística reversa bem legal, pra gente descartar corretamente lixos que podem causar enormes estragos na natureza. Esse tipo de coisa faz a gente sorrir, mesmo em meio à essa loucura política atual.

17) Qual a última comida que recomendou para alguém?



Lasanha. E, no caso, recomendei que a pessoa fizesse a lasanha pra mim (sou dessas).
18) Qual o último lugar da sua cidade que surpreendeu você?



Olha, vou roubar um pouquinho nessa questão, porque o último lugar que me surpreendeu não foi na minha cidade, mas foi na região, então ainda está valendo, não é mesmo? Recentemente visitei o Sesc Cadeião, localizado em Londrina, e gente, que lugar bacanudo! Tem tantas iniciativas culturais que nem vai dar pra citar tudo aqui. A que visitei foi uma feira de literatura e amei demais!

19) Qual o último conselho que deu?



“Não adianta forçar, tudo tem seu tempo” (frase de tia velha, eu sei, mas é muito verdadeira).

20) Qual a última realização que alcançou?




Pode parecer coisa boba, mas a minha última realização foi terminar de ler Jane Eyre. Demorei um ano pra terminar, por se tratar da obra original em inglês arcaico, mas quando terminei, senti que havia evoluído não apenas na língua inglesa, mas também como pessoa.

21) Qual o último fato social que lhe indignou?



Após ler esse post do Moderando (gente, tô falando, esse blog é porreta), minha percepção sobre o preço que pago por ser mulher aumentou, e muito. Leiam pra entender melhor do que estou falando. É uma triste realidade com a qual a gente é obrigada a conviver.

22) Qual o último fato social que lhe fez ficar mais otimista?
Descobri que um professor da minha faculdade participa de um projeto incrível que ensina inglês e informática pra crianças carentes. Fiquei sinceramente emocionada.

23) Qual seu último arrependimento?



Não ter pensado mais antes de publicar algumas coisas na internet. Fico tanto tempo atrás do computador criando conteúdo, que às vezes esqueço que sou uma pessoa pública. Sim, isso soa como um grande “se achismo”, já que eu não sou famosa, nem nada. Mas pessoas leem o que eu escrevo, pessoas assistiam o que eu publicava no meu canal. E quando você é uma pessoa pública, tem que medir suas palavras, porque cada um interpreta de um jeito e uma coisa que você considerou completamente normal pode transformar a sua vida num inferno em poucas horas. Então, fica a dica pras amigas blogueiras: lembrem-se sempre que vocês são formadoras de opinião e que a internet é uma rede feita por serumaninhos.

24) Qual frase sua melhor resume os últimos dias que viveu?



Essa frase é do texto “Tão longe, tão perto” que publiquei recentemente e super recomendo que você leia.

UFA! Essa foi a tag mais longa que respondi na vida! Também pudera, foi criada pela Brunt, tinha que fazer a gente refletir (e MUITO). Apesar de ter demorado vários dias pra responder, gostei bastante. De novo, vou roubar (sorry, Brunt) e não indicar ninguém em específico (nunca marco ninguém em tags, challenges ou correntes porque sou chata mesmo, fico com medo de incomodar). Se você curtiu, responda! Vale muito a pena, eu amei ♥

E aí, o que acharam das minhas respostas?
Beijos,
          Duane
logoblog

10 comentários:

  1. OI SHERLOCK

    como sempre digo, fiquei muito feliz por Annie ter mexido tanto contigo de uma forma boa <3 e repito: não teve jeito de ler esse livro e não vir DUANE na cabeça imediatamente. Que bom que chegou em boa hora!

    LASANHA, NÉ? NEM ME FALE NESSA LASANHA U.U HAHAHAHAH

    cara... o post do Moderando também me fez refletir HORRORES. Eu nunca tinha imaginado como é mais caro ser mulher, o quão as mulheres são, inclusive, cobradas de gastar esse dinheiro com isso ou aquilo. E pior: muitas vezes a gente ganha menos que os homens ._.

    tag suuuuuuper divertida. Parabéns, Sherlock e Parabéns pra Brunt! *-*

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chegou em ótima hora ♥
      HAHAHAHAH nem me fale, eu mesma vou comprar e fazer só pra mim #girlpower.
      SIM!
      Eba! Obrigada, migs :333

      Excluir
  2. Maria Ísis Franco8 de outubro de 2016 07:53

    Quantas perguntas sensacionais e reflexivas! E quantas respostas bacanas e inspiradoras, Duane. Sensacional encontrar o seu blog e já chegar recebendo esse tanto de dicas, informações e meios para repensar de tudo um pouco. Acompanho o Sem Quases e sempre fico impressionada com o quanto a Brunt é intensa e nos faz aprofundar críticas e reflexões. Não tinha ainda visto essa tag por lá e adorei encontrar aqui com as suas respostas tão incríveis. Já deixei nos favoritos para caçar mais das indicações. Adorei muito!

    Beijos,

    Ma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Maria, fico tão feliz em ler isso! Volte sempre, muito obrigada pelo carinho ♥♥♥

      Excluir
  3. Ótima TAG, super bacana as perguntas para nos fazer refletir! A Bruna do Sem Quase é super intensa e isto é incrível! Só queria dizer que... Eu nunca vi Friends!! Não me julgaaaa rsrs

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza!
      HAHAHAH magina, não tô julgando não (mentira, tô sim HAHAHAHAH).
      Obrigada :)

      Excluir
  4. Ai, Du, a alegria e emoção que tomam agora conta da minha inteireza são imensuráveis. Fico tão vibrante por sentir tamanho mergulho seu, por observar essa conexão dos nossos corações, por captar mais de você e por saber do carinho tão lindo e das reflexões tão bacanas que acaba de disseminar. Cada pergunta que coloquei na TAG carrega a intenção dessas releituras internas e trocas evolutivas; são entrelinhas que surgem para que possamos encontrar mais de nós, dos nossos arredores e de identificações e análises para cada um que dê as mãos para navegar em cada ponto indicado. Fiquei tão encantada pelas suas respostas! Que delícia! Fiquei louca para devorar o livro que a Hellz indicou e estou surtando com o canal da Jacky. Abri um largo sorriso ao ver o projeto bacana que trouxe e já coloquei o Sesc na lista de locais desejados para conhecer. Ai, quantos suspiros que você causou em mim. Obrigada por essas lindezas e por se dispor a passar pelo processo de autognose, de observação social e de críticas em entornos. Vem aqui e dá um abraço?

    www.semquases.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, foi uma tag cheia de autoconhecimento, adorei!
      Eu que agradeço, Brunt ♥
      *abraçando virtualmente *

      Excluir
  5. Duuuu, que linda você!! Eu tirei mini-férias sem aviso nos últimos dez dias e acabei vendo tudo só agora (de novo atrasada, né, mas agora com a cabeça limpa eu espero fazer meu planejamento funcionar, heheh). Então é claro que eu vou começar falando que fico muito muito muito feliz que você esteja gostando assim do Moderando. Isso me 'empurra' a deixar ele mais especial com o tempo, afinal, é bom demais saber que alguém lê e reflete sobre as coisas que trazemos lá. Até fiquei toda boba que você imprimiu os posts de PEP! <3
    No mais, eu adorei essa tag da Vanessa! Não é novidade que eu gosto de tudo o que me faz pensar e ir além, nem que seja 'apenas' como pessoa, então eu aproveitei para dar as minhas respostas mentalmente para todos os pontos. E eu fiquei surpresa (e feliz) por termos pensamentos tão parecidos com relação a alguns aspectos fundamentais da vida. Eu adoro sentir, enquanto leio o que você escreve, sua vontade de crescer, de melhorar e de valorizar as características 'humanas' das pessoas, e, claro, seu cuidado com as palavras ao saber que tudo o que está aqui atinge diferentes pessoas. Eu acho que é por isso que eu gosto tanto do seu blog, sabe? Eu venho aqui e me sinto bem com o que encontro e, também, sinto uma vontade bem grande de seguir no caminho certo (da maneira que ele é para mim).
    Quero entrar nesse abraço virtual, viu?! Hahaha
    Beijos,
    Bru
    Blog Moderando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai conseguir sim, você é ótima nisso :333
      Tô adorando muito ♥ Fico feliz em ver que você fica feliz com o meu entusiasmo. É só alegria :333
      Ai Bru, que lindo isso. Tô sem palavras. Obrigada, de verdade, só tenho a agradecer.
      E claro que você pode entrar nesse abraço! *abraçando virtualmente* HAHAH ♥

      Excluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

1 a 6123456Próximo
1T 1U 1V-1k

Receba as novidades do blog no seu e-mail

Siga no instagram