4 coisas que eu desaprovo

10/11/2016


Olá pessoas!
Conforme prometido, estou seguindo em frente com o Tumblr Challenge \o/. Hoje vou contar pra vocês 4 coisas que eu desaprovo. Senta que aí vem bomba.

1- Usar drogas, fumar e/ou abusar do álcool


Pois é, nesse ponto a tia aqui é bem convencional mesmo. Sempre fui assim, SEMPRE. Podem perguntar pros meus amigos. Eu era (e ainda sou) aquela que olha feio quando alguém me conta que está de ressaca, chega perto de mim fedendo à cigarro e/ou se gaba por ter usado substâncias ilícitas. Acredito que sim, é possível se divertir sem essas coisas, e sigo aquele ensinamento budista que diz que nunca devemos perder o controle sobre nós mesmos. Já me chamaram de chata, certinha, quadrada, convencional demais. Foda-se! Não me importo, eu sou assim e ponto final. Que fique bem claro: a escolha é sempre sua. Mas não espere que eu apoie uma burrada dessas.

2- Se meter nas escolhas, orientações e gostos dos outros


Pois é, minha gente. Já fui aquela pessoa escrota que se acha o Oráculo de Delfos e dá pitaco onde não foi chamada. Ainda bem que isso ficou no passado. Hoje em dia, só dou conselhos quando eles são solicitados ou quando acho extremamente necessário. Mas fora isso, sério, não vale a pena. Só serve pra se estressar e estressar quem ouve/lê o que você diz. Basicamente, cada um faz o que pode/quer. Portanto, se você puxa briga em rede social por causa de política (eu não tô nem aí se você considera a Globo fascista – meu filho, por acaso você sabe o que significa essa palavra?), se você xinga a coleguinha porque ela ouve Wesley Safadão e usa camiseta dos Ramones (problema é dela, meu amor), se você brada aos quatro ventos que quem faz faculdade particular é burro (vem cá: eu faço e aposto que sei muito mais do que alguns formandos de universidade pública) .... Pare e pense: quem somos nós pra julgar os outros? Somos apenas poeira no vento. Apenas.

3- Ditadura. Da beleza, da moda, da mídia....



Simplesmente não faz sentido.

4- Reclamar e não fazer nada pra mudar a situação


Cara, se nem reclamação pra operadora de celular dá certo, você acha que sua reclamação sobre o calor vai te levar à alguma coisa que não seja mais irritação ainda? Acho que não, hem. Acho que não .-.

E vocês, são contra o quê?

Beijos,
           Duane.

  
logoblog

10 comentários:

  1. abaixo msm a ditadura em qq situação! e odeio cigarro tbm!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Nossa, sou contra as drogas (as pesadas)ou qualquer coisa que te faz ser escravo dela, viver em função dela e destruir sua família e sua vida.
    Sou a favor de não ser contra a nada e sim ajudar de alguma forma.
    Excelente post!!
    Beijos no coração!
    DMulheresInstagram

    ResponderExcluir
  3. Vejo tanto gente no Twitter se gabando por ter usado substâncias ilícitas que fico tipo "para que tá feio, migo", o que tem de bonito nisso? E cigarro a mesma coisa, meu pai fuma desde os 15 anos e até hoje não parou, o pior é que todo mundo aqui tem que fumar junto passivamente né? Porque o inteligente vai fumar na varanda, mas não fecha a porta e aí o vento carrega a fumaça toda pra dentro ¬¬ Nossa, concordo MUITO com esse segundo item aí, dá vontade de imprimir e colar nos muros da cidade. Sobre as ditaduras, não faz sentido mesmo. Concordo com isso de reclamar e não fazer nada pra mudar em partes, porque eu reclamo pra caramba no Twitter, mas só lá mesmo, se não fosse o Twitter, eu teria uma vida bem chata, hahahaha!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, também não entendo porque as pessoas acham isso "cool" -.-
      Nossa, isso é MUITO tenso, entendo bem.
      HAHAHAH ai, que amor essa frase ♥
      Não mesmo.
      HAHAHAHAH se for só no Twitter tá tudo certo, ninguém é de ferro, né? HAHAHAH
      Obrigada, Thami ♥

      Excluir
  4. HAHAHAHAHA...
    Adorei o da Ditadura da Moda. Também tenho as coisas que não gosto, por exemplo, fumar e se embebedar. Tudo bem que já fiz mesmo, por pura curiosidade. Mas também não curto e já critiquei muito amigo meu que faz isso e tudo o mais... Mas é como você disse, cada um é cada um, e assim é responsável por aquilo que faz. Então não dou mais pitaco, estou mais para: "cara, se é o que quer, vá em frente". Me julguem se quiser, porém sou dessas que apoia até a burrada que o amigo, irmão e etc, quiser fazer. Se não der certo, "tamo junto" depois para arrumar, ou tentar.

    Beijos
    Karolini
    womenrocker.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ei, Duane! Primeiro eu TENHO QUE DIZER que amei que todos os gifs são de Friends <3 Estou revendo a série com meu namorado (ele nunca tinha visto, acredita?) :)
    Eu ODEIO ficar perto de gente que fuma! Primeiro que o cheiro é horrível, segundo que eu só falto morrer engasgada com a fumaça!

    Um beijo! ♥
    www.daniquedisse.com.br

    ResponderExcluir
  6. OI SHERLOCK

    gif de friends = arraso! Principalmente da Mônica quando adolescente HAHAHAHA

    então... algumas coisas dessa sua lista eu também já fiz e, graças à Deus e ao universo, eu me libertei dessas amarras. Ai... adorava dar conselho aos amigos que eu achava que tavam fazendo merda. O resultado é que eu me irritava, brigava com os outros e o amigo continuava no erro. Então... seja feliz, gato. Sua vida, suas escolhas.

    Outra coisa era viver de mais mimimi que o muro das lamentações. Reclamar sem agir é o mesmo que nada, só atrai negatividade. E quem que pode mudar a sua vida? APENAS VOCÊ!

    como sempre, post amorzinho vindo de uma pessoa mais amorzinho ainda <3333

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  7. !!!!!!! pra tudo. O primeiro deles nem vou comentar, porque eu odeio aquele sorriso amarelo que acabo dando quando tentam fazer com que eu beba ou fume. Credo, sai fora. E eu nunca fui de me meter muito na vida dos outros, mas tinha situações em que eu falava mal de umas pessoas simplesmente porque elas faziam coisas com as quais eu não concordava. Eu tenho muito amigo que continua com esse (péssimo) hábito e me dá um nervoso só de ouvir, já que, hum, cada pessoa faz o que quiser fazer (contanto que não prejudique as outras, claro -- mas não é essa a questão aqui).
    E, sobre a última, fui guilty por um tempo também, simplesmente por odiar o que eu fazia da vida, mas sem ter coragem de mudar. Mas né, a vida é curta e somos responsáveis por tudo o que fazemos dela.
    Adorei o post, como sempre. <3
    Beijos,
    Bru
    Blog Moderando

    ResponderExcluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

1 a 6123456Próximo
1T 1U 1V-1k

Receba as novidades do blog no seu e-mail

Siga no instagram