Como é estudar numa faculdade particular

03/02/2017


Olá, pessoas!
Quando entrei na faculdade de Administração, o desdém foi quase que geral. O que eu mais ouvia era “mas Duane, você é tão inteligente, por que vai estudar numa faculdade particular? Por que não faz cursinho e entra numa universidade estadual? ”. Simples. Porque eu não quis. Fazer faculdade nunca foi um sonho pra mim. Era mais um objetivo muito bem definido desde criança. Eu ia fazer faculdade, não havia dúvidas.
Por um tempo entrei na onda dos meus amigos (que estavam desesperados para entrar numa universidade estadual) e professores do Ensino Médio (que diziam que as faculdades particulares eram todas uma porcaria). Por indecisão e pressão familiar, perdi o bendito vestibular da estadual e não houveram vagas remanescentes que prestassem nas quais usar a nota do Enem. No entanto, eu havia feito dois vestibulares para dois cursos: Direito e Administração. Optei pelo segundo, no qual ganhei uma bolsa de 70%. Decidi tentar, e se não gostasse, largava no primeiro ano e ia fazer cursinho. O que, obviamente, não aconteceu. Estou no 7º semestre e amo meu curso.
Nesses quatro anos, ouvi e passei por muita coisa. Já me chamaram de burra por não ter passado no vestibular da estadual (sendo que na verdade eu nem fiz o vestibular). Já me disseram que meu curso não tem nada a ver comigo. Que minha faculdade é uma bosta. Que Administração é um curso ridículo, que ninguém precisa fazer (porque aparentemente todo mundo nasce sabendo administrar) e só existe pra quem está indeciso. Que quem se forma em faculdade particular não sabe de nada, inocente. Meu filho, quem não sabe de nada é você que diz isso.
Cursar uma faculdade é difícil, independentemente do fato dela ser pública ou estadual. Sim, os métodos são diferentes, mas isso não tira, de forma alguma, o mérito das instituições privadas.
O foda é que tem uma galera cagada que se forma sem saber porra nenhuma. Essa é uma realidade triste, porém verdadeira. Tem gente que compra TCC. Tem gente que falta o ano inteiro e não reprova. Tem gente que passa a aula toda mexendo no celular. Essa galera sai da faculdade do mesmo jeito que entrou: sem saber de nada. A diferença é que agora ela tem um diploma que faz muita gente pensar que todo mundo que faz faculdade particular é idiota. Isso é muito triste.


Aprender normas da ABNT é foda. Ter que se impor diante de professores que querem se aproveitar da sua inteligência é foda. Estudar pra prova é foda. Ir pra faculdade quando podia estar em casa de boa no Facebook é foda. Fazer trabalho em grupo é foda. Passar anos da sua vida se dedicando à uma graduação, de forma geral... é foda. E ainda tem gente que não dá valor no seu esforço. Um minuto de silêncio pra isso. Ok, já podemos continuar.
Como é estudar numa faculdade particular? É bom. É ótimo não ter que se preocupar com greves que, apesar de legítimas, atrasam seu calendário. É lindo ter professores que explicam a matéria tim tim por tim tim porque você está pagando. É incrível conhecer novas pessoas e fazer contatos importantes. É ruim também. Lembram que ano passado eu disse que estava fazendo meu TCC? Então. Foi uma merda quando fizeram junção de turma quando eu estava no segundo ano, então eu pulei pro terceiro e agora, no último ano, voltei pro segundo (é confuso mesmo, mas acho deu pra entender). É chato pra cacete ouvir que sua faculdade não vale nada. É estranho ver gente que reclamava do professor antigo (que foi despedido por causa das suas reclamações) falar que sente falta dele. É frustrante não estar no mesmo ambiente que a galera das universidades públicas. Mas, ainda assim, vale a pena.
Vale a pena porque logo estarei formada e sentirei saudade disso. Vale a pena porque descobri uma área que realmente adoro. Vale a pena porque cara, apesar de tudo, eu consegui chegar até aqui.
Beijos,

           Duane.
logoblog

4 comentários:

  1. Eu tenho experiência dos dois lados. Fiz Engenharia em uma faculdade pública e hoje faço Pedagogia em uma privada, à distância. As duas experiências são válidas, principalmente se a faculdade segue a mesma filosofia que você. Particularmente, não recomendo as públicas para quem não quer seguir vida acadêmica, já que, na maioria das vezes, os cursos são mais longos e te atrasam pro mercado de trabalho. Enfim, besteira é pensar que você é melhor que alguém só pela faculdade que você cursa. Siga o seu caminho sem dar ouvidos a esses bobos ;) Beijos!
    www.vintee5.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso da filosofia é realmente muito importante, Lu! A gente tem que se identificar com a faculdade/universidade, senão não rola.
      Obrigada, Lu ♥♥♥

      Excluir
  2. Eu também fiz faculdade particular, passei na melhor universidade privada do país pelo ProUni com 100% de bolsa e as pessoas continuavam falando que era fácil que isso e que aquilo. Pensa em mim, fiz jornalismo um curso que nem precisa de diploma! Acho que eu ouço coisa pior né? Ouço principalmente que perdi 4 anos da minha vida. Eu paro para pensar e chego à conclusão: faculdade particular me mostrou um mundo que não conhecia, a puc tem ideologia forte então não tem espaço para quem não se interessa ao menos 1% por tudo, tem infelizmente gente como você falou, mas me apresentou ao feminismo e a tudo que sou hoje. Enfim, te entendo total.


    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Carla, Jornalismo tem dessas mesmo, eu penso em fazer e várias pessoas já me falaram que "nem precisa mais fazer essa faculdade". Aff! Nossa, que horror.
      Putz, super concordo contigo! Fico feliz que você também tenha tido uma experiência legal.
      Bate aqui, mana o/
      Obrigada ♥

      Excluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

1 a 6123456Próximo
1T 1U 1V-1k

Receba as novidades do blog no seu e-mail

Siga no instagram