Você vai dar mais valor nas metas depois desse post


Desde que eu comecei a estudar Administração, fiquei fascinada pelo poder das metas. Antes de começar a falar sobre elas, é preciso corrigir um erro básico que muita gente comete: confundir meta com objetivo.
Objetivos são sonhos, coisas que você quer muito. Metas são o caminho para chegar até eles, por isso elas tem prazos e devem ser simples de executar. Ah! E simples não significa fácil (todos nós sabemos que estabelecer novos hábitos e sair da rotina é difícil).
A importância de se ter metas é clara: se você não estabelece um caminho, se não traça um plano, como vai saber se está fazendo as coisas da forma certa? Não vai. Daí a frustração de nunca conseguir nada bate na porta, entra na sua vida e não sai mais.
Há também pessoas que já tiveram experiências ruins com metas estabelecidas no passado e hoje em dia não acreditam mais no poder das metas (e delas mesmas). Se você está nesse grupo, calma. Respira e se liga nessas dicas:

METAS SÃO CLARAS COMO UM DIA DE SOL
Ok, então você quer aprender um novo idioma pra se destacar no mercado de trabalho. Legal, mas como você vai estudar? Quando? Onde? Quanto pode gastar? Se você não especificar todos os detalhes, vai se frustrar rapidinho.

METAS DEVEM SER REALISTAS
Sonhos/objetivos podem até parecer meio impossíveis, mas isso não pode ocorrer com as metas. Metas devem dar um friozinho na barriga por representarem um desafio mas devem condizer com a sua realidade. Por exemplo: você quer ser mais saudável, aí coloca como meta perder uma quantidade absurda de peso em um mês e malhar uma hora por dia. Não vai rolar, né? Começar pequeno pode parecer chato (e muitas vezes é mesmo) porque você está motivado a crescer, mas esse gás é momentâneo. Para mantê-lo, o ideal é estabelecer metas realistas (como malhar 10 minutos por dia).

AS COISAS MUDAM
Pode ser que as metas que você estabeleceu inicialmente não tenham dado muito certo. Tudo bem, isso não é fracassar. Apenas ajuste o plano! Exemplo pessoal: eu tenho como objetivo ser uma pessoa mais focada, eficiente e organizada. Então, estabeleci como meta planejar meu dia numa agenda e cronometrar 50 minutos de trabalho contínuo e 10 minutos de descanso pra cada hora. De início até que funcionou. Mas aí eu comecei a ficar com preguiça, desmotivada e acabava que na verdade eu trabalhava por 10 minutos e descansava por 50 (quem nunca?). Resultado? Senti que nem valia a pena ser focada, eficiente e organizada. Cara, eu momentaneamente desisti! Sério, é um sentimento horrível e eu não desejo ele pra ninguém. O que eu fiz? Decidi descansar por alguns dias e procurar novas formas de atingir meu objetivo. Com isso vieram novas práticas e novas metas que tem funcionado muito bem. Moral da história: se der errado, não se culpe. Apenas analise friamente o que aconteceu e trace um novo plano.

PENSE EM TUDO QUE PODERIA DAR ERRADO
Eu sei, parece uma dica estranha vinda da rainha das good vibes. Só que é extremamente necessária! Lembram da história que acabei de contar na dica anterior, né? Então. Quando analisei o que tinha dado errado, percebi que falhei numa coisa boba: nessa de ser otimista, esqueci que se não pensar no pior, quando ele acontecer você vai ficar sem chão. Então sim, temos que acreditar em Deus e em nós mesmas, temos que ter fé que vai dar certo, porque no final vai mesmo. Sempre dá. Mas no meio do caminho vão existir percalços. Por isso, quando definir uma meta, pense em todas as possibilidades, sejam elas boas ou ruins, e decida o que vai fazer quando elas ocorrerem. Quanto mais preparo, melhor.

COMEMORE E DIVIRTA-SE!
Um grande motivo de desistência é que às vezes parece que a gente só corre atrás das coisas e não tem tempo pra nada. Aí parece que tudo não faz mais sentido. Eu mesma entrei nessas de “pra quê malhar? No fim das contas todos vamos morrer mesmo” (é sério – isso que dá ler notícias sobre o Trump). Por isso, sempre que atingir uma meta, mesmo que ela parece pequena, comemore e divirta-se no caminho. Assim como eu estou fazendo agora, ao finalizar esse post \o/


E aí, gostaram das dicas?
Beijos,

            Duane.

2 comentários:

  1. adorei esse post, as coisas mudam e nossas metas podem ir mudando junto, pra mim é mt importante ter metas realistas

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...