O que é body positive

Créditos da foto: All Woman Project
Já faz algum tempo que conheci o movimento body positive e senti vontade de compartilhar por aqui, explicar o que é. Mas acontece que eu me sentia insegura pelos seguintes motivos:
1. Não saber tudo o que deveria e acabar informando algo errado.
2. Explicar de um jeito que ficasse estranho e no fim das contas mais confundir do que esclarecer.
Então, gostaria de deixar bem claro antes de começar que não sou dona da verdade e com certeza ainda há muito a ser dito, mas vou tentar mostrar o Body Positive de um jeito simples e bacanudo pra todo mundo viver mais feliz.
Basicamente, o Body Positive é um movimento que afirma que todos os corpos são bons. Sim, você entendeu direito, TODOS OS CORPOS SÃO BONS. Corpos de todos os tamanhos, formas, cores, idades, etc. Ser uma pessoa body positive é se amar do jeito que é, sabendo que gorda não é xingamento (nem sinônimo de doença), que chamar alguém de graveto não é bacana e que mesmo com celulite você continua muito bem, obrigada.
Créditos da ilustra: @tylerfeder
O Body Positive foi fundado por Connie Sobczak e Elizabeth Scott em 1996. Elas perceberam o quanto a falta de representatividade na mídia e a pressão diária pelo corpo “ideal” podem ser fatais na vida das pessoas e decidiram mudar esse cenário. Lá no site oficial da organização dá pra acessar a definição oficial do movimento, que é a seguinte:
“O Body Positive ensina as pessoas a se reconectar com sua sabedoria corporal inata para que elas possam ter um autocuidado mais equilibrado e alegre, além de um relacionamento com todo o seu ser guiado pelo amor, perdão e humor”.
Ou seja: ame seu corpinho do jeito que é, se cuide por você e não pelo outros, e acima de tudo, deixe de lado essa sensação de culpa e ria de si mesma. Maravilhoso, né?


É claro que falar é fácil, fazer é o difícil. Mas gostar da proposta do Body Positive já é um começo, e abre espaço para que o primeiro passo para o caminho do amor-próprio seja dado.
Recadinho muito importante: como todos os corpos são bacanas, não vale colocar o outro pra baixo pra se promover ou tentar animar outra pessoa. Quer um exemplo que escuto direto? “Para de se achar feia, queria ver se você fosse que nem a fulana”. Não entendo como não percebem o quanto uma afirmação desse tipo é errada.


Também vale ressaltar que o body positive não é opressor. É muito comum ver por aí dois opostos: pessoas magras, ratas de academia, e pessoas gordas, que refutam o padrão de beleza imposto pela sociedade. Não ache que somente mulheres (e homens também!) com IMC “ideal” ou gordas empoderadas fazem parte dessa ideia. Body Positive é sobre se amar acima de tudo, o que consequentemente te faz amar as outras pessoas e construir uma sociedade melhor.

Como já disse no início do post, não sou nenhuma especialista em Body Positive, então acredito que vai ser interessante buscar quem manja do assunto pra que você tenha mais informações sobre (super indico esse vídeo do Alexandrismos).

E você, já conhecia o Body Positive? O que acha desse movimento?
Me encontre por aí: Facebook | Instagram
Beijos,
          Duane.

14 comentários:

  1. Adorei saber um pouquinho mais sobre o Body Positivo, vou ser sincera que comecei a ficar com um pouco de vergonha do meu corpo, mas acho que vou procurar saber um pouco mais sobre o body positivo! Amei a sua iniciativa!
    Um beijo grande e muito GORDO
    www.thaissgalbiero.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vergonha por que, Thais? Você é linda! Pode começar a se amar porque vale muito a pena, viu? <3
      HAHAH amei o beijo gordo <3
      Obrigada ♥

      Excluir
  2. Olá! Eu já conhecia, mas também nada muito a fundo.
    Fico me inspirando em músicas como Ms Potato Head e em filmes como Terapia do prazer, que fala sobre o corpo da mulher.
    Beijos
    5 O'clock Tea

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ser mais divulgado, né?
      Nunca ouvi falar, vou procurar, valeu pela dica.
      Obrigada, Mi ♥

      Excluir
  3. Todo corpo é um corpo de praia!

    Se quiser participar e/ou divulgar, separei um presentinho ara uma leitora lá no blog: https://oblogdafenixx.blogspot.com.br/2017/08/sorteando-blog-esta-de-volta.html

    ResponderExcluir
  4. amei esse post! to adorando demais o movimento que com certeza a maioria de nos, mulheres, estávamos precisando

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza ♥ Que bom que gostou <3
      Muito obrigada ♥

      Excluir
  5. Seria essa a solução para eu conseguir me conectar com o meu corpo novamente?
    Nas últimas semanas todo o empoderamento que eu sentia que tinha foi pro ralo, ando me sentindo cansada de mim mesma e isso tá me afetando tanto que nem sei :/ agora quero, mais do que qualquer outra coisa, pesquisar mais sobre esse movimento e fazer parte dele. Obrigada por compartilhar, Du <3

    milenaschabat.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que já seria um bom começo, Mis! Que pena que isso aconteceu contigo, mas procura saber mais sobre o movimento, tenho certeza que você vai gostar e se empoderar MUITO <3
      Eu que agradeço, fico feliz por ajudar ♥

      Excluir
  6. Amei demais esse post, Du! Eu ainda não conhecia o Body Positive e já vou assistir esse vídeo que tu indicou, mas juro que com esse teu post a gente consegue entender sobre o movimento.
    Eu sempre fui muito magrinha e sempre recebi uns comentários desnecessários, gosto muito das ilustrações da Carol Rossetti e tenho essa ilustração salva, super me identifiquei. De uns anos pra cá eu vi o quão importante é nós amarmos o nosso corpo e se a gente não gosta de algo nele, que a gente mude, mas por nós e nunca pelos outros!
    Uma frase que eu gosto muito é: "Admire a beleza do outro sem questionar a sua". E realmente, fácil é falar, difícil é fazer. Mas estamos aí nessa caminhada, né? Hahaha. Todas somos lindas! <3

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que deu pra entender bem <3
      Exatamente!
      Essa frase é maravilhosa <3 Somos mesmo!
      Obrigada, Amanda ♥

      Excluir
  7. Olá
    Eu não conhecia o projeto, mas tenho uma relação bem bacana com meu corpo. Temos nossos altos e baixos e ultimamente estou incomodada com a barriga que se instalou aqui, mas isso é algo meu, sabe? Sempre tive pavor da minha barriga. Com a gravidez, eu tive algumas estrias e no começo eu surtei, mas hoje entendi que elas estarem ai somente provam que meu corpo passou por uma transformação maravilhosa e gerou uma vida.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico tão feliz em ler isso <3 Que bom que você tem uma boa relação com seu corpo, Lary! Que a gente seja assim sempre.
      Obrigada ♥

      Excluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...