Um recado

01/11/2017

Quanto mais o tempo passa, mais eu percebo o quão fácil é acumular frustrações. Sejam elas profissionais, pessoais ou amorosas, não importa: fato é que elas incomodam horrores.
Mais fácil do que se frustrar é só descontar a raiva causada por esse sentimento em outra(s) pessoa(s). Daí, magoar quem corre do seu lado acaba ficando inevitável e, adivinha, cotidiano.
Aos poucos, perde-se o respeito, a empatia. E tudo parece sem vida, insosso. Difícil, né?
Entendo que nem sempre o mal é feito por mal. Mas é feito. E machuca. Cada atitude tem uma consequência, quer a gente queira ou não.
Ninguém é obrigado a pensar igual, a concordar, a dar as mãos e apoiar algo. Só que o mínimo do ser humano é amar ao próximo como a ti mesmo, ou seja, RESPEITAR.
Porque todo mundo merece se sentir em casa. Seja no próprio corpo, na própria casa, na própria vida.
Respeite. Você nunca sabe o que o outro está passando. Ninguém é perfeito (nem você).
Beijos,

            Duane.
logoblog

6 comentários:

  1. ADOREI! É exatamente isso. Tem gente que fica falando que eu tenho sangue de barata porque, por mais que a pessoa tenha sido um demo, eu fico vendo o que tem por trás, sabe? Tipo o por quê da pessoa ter feito isso e tal. Posso ser maluca por pensar assim, mas é só o meu jeitinho de lidar com as pessoas, haha! Enfim, adorei o post!
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um jeito empático, Thami! Acho maravilhoso <3
      Que bom :3
      Muito obrigada ♥

      Excluir
  2. Frustração é algo normal na vida. No dia a dia até. Por exemplo, num belo dia, surge a escolha a ser feita: “Vou ao teatro ver Hamlet ou jogar futebol na praia à noitinha com os amigos?”. Se escolho checar a genialidade de Shakespeare e me deparo com uma grande atuação do protagonista, uma boa direção, iluminação e som adequados, saio do teatro satisfeito e... frustrado! Sim, frustrado porque eu queria ter ido também ao futebol. Também era minha vontade. Mas a frustração não incomoda porque ela foi compensada com a satisfação na peça. Frustrações fazem parte de escolhas, pois sempre temos de abrir mão de algo para ter outra coisa. Escolhas são aprendizados. Aprendizados nos evoluem. Enfim, é isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente isso. Temos que saber lidar com as consequências de nossas escolha, mas mais do que isso, o texto busca uma empatia com as escolhas dos outros, que muitas vezes nos afetam.
      Muito obrigada, Edson!

      Excluir
  3. Adorei, Du! A gente nunca sabe o que o outro tá passando e cada um tá passando por uma batalha e a gente precisa respeitar isso. Empatia, é isso. Gostei da reflexão! <3

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir

Gostou? Comente! Não gostou? Me diz onde errei pra arrumar ;)
E please, se for pra fazer comentário inútil, o temido spam ("adorei o post, visita meu blog?" blergh) sério, pode ir embora meu amor.
Se você tá na vida de blogueiro(a) também, e fizer um comentário legal após ter lido o post, pode ter certeza que vou retribuir a gentileza, é só deixar o link ♥

1 a 6123456Próximo
1T 1U 1V-1k

Receba as novidades do blog no seu e-mail

Siga no instagram